top of page
  • Foto do escritorRecrutadores - Kapti RH

Uso de Inteligência Artificial (IA) no processo de Recrutamento e Seleção


uso da IA no recrutamento
Inteligência Artificial | Recrutamento e Seleção de Pessoal

Em se tratando de Inovação, ao que parece a Inteligência Artificial (IA) tem sido o foco para muitas das empresas atualmente. Na sua essência IA são aplicações que executam tarefas complexas que antes exigiam interação humana.


Ao mesmo tempo que existe esse avanço tecnológico no campo da TI, a Gestão de Pessoas ainda continua com um velho desafio: Encontrar profissionais e pessoas talentosas para suprir inúmeras lacunas de trabalho.


Uma das formas mais utilizadas para a captação de candidatos é a divulgação das vagas em canais externos (Linkedin, sites de emprego, etc), porém esses métodos retornam com alto volume de candidaturas que por vezes estão fora do perfil necessário. Pensando na otimização e qualificação dessa etapa do Recrutamento as empresas e profissionais de RH tem contado com a ajuda da Inteligência Artificial (IA) para identificar com mais precisão profissionais com as competências exigidas.


A utilização desses recursos está atrelada a busca por maior produtividade dos recrutadores pois sabemos que o Recrutamento é uma das etapas que exige mais envolvimento e por vezes essa não é tão ágil, sendo assim, ao cadastrar os requisitos essenciais para a vaga algumas plataformas ajustarão os currículos, apontando aqueles que estejam dentro do esperado.


Contudo, como discutimos no post anterior a essência da seleção de pessoal é encontrar talentos, para tanto é necessário analisar as habilidades técnicas, mas também quem é pessoa por trás daquele currículo. Mas será que a IA está permitindo isso?

Para alguns especialistas, mesmo dotada de uma superioridade analítica, a IA não compreende situações de senso comum, intuitivas e imprevisíveis com a mesma facilidade dos humanos, nem replica experiências pessoais, pensamentos e personalidade (JARRAHI, 2018).


Em uma pesquisa realizada pela Izabela Hollander, Diretora da IBH Executive, um dos entrevistados quando questionado sobre os desafios do uso da Inteligência Artificial e Recrutamento e Seleção destacou que: “falta contato direto com outro humano (fator humano)”.


Por outro lado, alguns candidatos sentem-se excluídos, ou até mesmo desistem do preenchimento de formulários e inúmeros questionamentos gerados por plataformas de cadastro de curriculos. Isso quer dizer, que dentre eles poderia estar justamente aquele talento que o RH está buscando.


Finalizando, não há dúvidas que ferramentas tecnológicas com base na IA estarão cada vez mais presentes em nosso dia a dia, contudo, não podemos descartar que o contato humano é imprescindível, nas decisões finais do processo de seleção. Profissionais de RH são especialistas no fator humano, desse modo o conhecimento apoiado pela experiência do recrutador especializado não é substituível quando se trata de ' encontrarmos as pessoas certas ‘.


Considerando isso, pelo visto ainda temos um caminho longo a percorrer para resolver a equação produtividade do recrutador e a eficácia do processo de seleção. É necessário congruência no discurso atual da Gestão Estratégica de Pessoas, diversidade, inclusão, talentos, competências, etc.


53 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

2 Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Guest
Jun 29, 2023
Rated 5 out of 5 stars.

Parabéns pela escolha do tema.

Like

Wiliam Luchi
Wiliam Luchi
Jun 27, 2023

Excelente abordagem, parabéns!

Like
bottom of page